PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Esse conteúdo é antigo

Polícia mata 12 suspeitos em operação contra milícia no Rio de Janeiro

Policiais interceptaram um comboio de milicianos em Itaguaí, na zona oeste do Rio de Janeiro. Abordagem acabou em tiroteio e com a morte dos 12 suspeitos - Reprodução/TV Globo
Policiais interceptaram um comboio de milicianos em Itaguaí, na zona oeste do Rio de Janeiro. Abordagem acabou em tiroteio e com a morte dos 12 suspeitos Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo*

16/10/2020 07h57Atualizada em 16/10/2020 13h01

Uma ação da Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Civil na rodovia Rio-Santos em Itaguaí, zona oeste do Rio de Janeiro, terminou ontem com a morte 12 homens suspeitos de integrar um grupo miliciano.

Durante a operação, de acordo com a polícia, houve troca de tiros e os 12 ocupantes de um comboio foram mortos. Segundo a Polícia Civil, um homem apontado como o chefe da milícia em Itaguaí e região está entre os mortos. Ainda conforme a polícia, um policial chegou a ser atingido pelos disparos, mas foi protegido pelo colete à prova de balas.

Os policiais também afirmam ter apreendido oito fuzis, além de diversas pistolas, munições, carregadores, aparelhos de comunicação e os quatro carros que faziam parte do comboio.

O grupo vinha sendo monitorado pelo serviço de inteligência da Força Tarefa, que apurou a frequente movimentação de suspeitos naquela região e na Baixada Fluminense.

Numa análise preliminar da polícia foi apurado que os investigados utilizavam fardamento militar, coturnos e coletes à prova de balas. Além disso, a polícia disse ter descoberto que os veículos utilizados eram oriundos de roubo e clonados.

(*Com informações do Estadão Conteúdo)

Cotidiano