Topo

Conteúdo publicado há
8 meses

Após chuvas, Prefeitura de Duque de Caxias (RJ) decreta emergência

Imagem da enxurrada em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense Imagem: Reprodução/Redes sociais

Marcelo Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

24/12/2020 14h35

A Prefeitura de Duque de Caxias (RJ) decretou situação de emergência devido aos impactos causados pela chuva no município da Baixada Fluminense. Até o momento, uma pessoa morreu, cerca de 150 famílias ficaram desalojadas e quatro ainda estão desabrigadas. Com a medida, é possível dispensar licitação para contratar serviços e bens para resolver problemas causados pelo temporal.

Em visita à cidade nesta quinta-feira (24), o governador em exercício do Rio, Claudio Castro, anunciou a distribuição de 150 cartões no valor entre R$ 2 mil e R$ 5 mil para auxiliar as famílias que perderam seus bens.

"Nós vamos complementar esse trabalho [realizado pela Prefeitura de Duque de Caxias]. Já mandamos kits de alimentação, de limpeza, vamos mandar mil colchões e acabei de confirmar 150 cartões 'Recomeçar' para que as pessoas possam comprar novamente aqueles itens que foram destruídos, para desalojados e desabrigados."

O cadastro das famílias que serão contempladas com o benefício já está sendo feito. De acordo com a prefeitura, as famílias desabrigadas irão receber quatro novos apartamentos doados pela administração municipal através do programa Minha Casa Minha Vida.

Dois dias após a forte chuva, o cenário nas ruas da cidade ainda é de lama, buracos e árvores caídas, com famílias limpando suas residências na véspera do Natal. Ontem, segundo a Prefeitura, foram retirados caminhões de entulhos das vias para permitir a circulação.

Choveu mais do que o esperado para o mês

O maior volume de chuva na região foi registrado na terça-feira (22). Foram 220 mm —mais do que o esperado para o mês inteiro. A região mais castigada foi a de Xerém, distrito que sofre frequentemente com os impactos das chuvas.

Outros bairros, como Vila Canaã, Carreteiro, Santo Antônio, Barreiro e Vila Urassaí também foram muito afetados. O Rio Saracuruna, que corta a cidade, transbordou e contribuiu para inundar as vias da cidade. Sirenes de alerta foram acionadas.

Em um vídeo que circula na internet uma mulher aparece sendo levada pela correnteza que se formou na rua. Casas desabaram e três carros foram levados pela água.

Uma mulher de 61 anos, que morreu por causa da chuva, foi identificada como Fátima Marina Fernandes.

O prefeito da cidade, Washington Reis (MDB), classificou o temporal como um dos maiores que atingiram a cidade.

"Aqui aconteceu um desastre natural, uma chuva que nunca se viu, mas nós estamos trabalhando duro desde terça-feira para reconstruir tudo e possibilitar que essas famílias tenham um Natal seguro", disse.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Após chuvas, Prefeitura de Duque de Caxias (RJ) decreta emergência - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Cotidiano