Conteúdo publicado há 19 dias

Anac propõe que 'passageiro indisciplinado' fique até 1 ano sem poder voar

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aprovou nesta terça-feira (25) uma consulta pública para estabelecer regras mais rigorosas aos passageiros considerados ''indisciplinados''. Uma das propostas é de que o cliente possa ficar até um ano sem poder voar.

O que aconteceu

O órgão informou que houve 735 casos em 2023 de passageiros com comportamentos indisciplinados em voos. Os dados são da Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas) e a média foi de duas ocorrências por dia.

Anac disse que esses passageiros representam ''ameaça à segurança operacional''. Nesta semana, uma advogada, com sinais de embriaguez, foi presa após agredir e ofender um funcionário da companhia Azul.

Principais propostas

Delimitar e classificar a gravidade dos atos de indisciplina.

Aplicar medida restritiva ao passageiro infrator, que não poderá voar por 12 meses.

Comunicar claramente sobre as consequências de determinadas ações.

Garantir ampla defesa e processo legal aos passageiros acusados de indisciplina.

Deixe seu comentário

Só para assinantes