"Vamos renegociar relação com México", diz Trump após telefonema de uma hora com Peña Nieto

Do UOL, em São Paulo

  • Yuri Cortez/ AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, mantiveram uma conversa telefônica de uma hora nesta sexta-feira (27).

A conversa ocorreu em meio a uma crescente crise de segurança e comércio, depois que Peña Nieto cancelou uma viagem planejada a Washington para uma reunião com Trump, que tem exigido repetidamente que o México pague por um muro na fronteira dos EUA para deter a imigração ilegal.

"Tivemos uma ótima conversa", afirmou Trump, ao ser questionado sobre a conversa durante coletiva ao lado da premiê britânica, Theresa May, na Casa Branca. "Fui muito duro com o México. Eu amo o povo mexicano. Trabalho com mexicanos o tempo todo."

"Mas o México nos superou nas negociações e tirou de nós até o couro. Eles nos fizeram parecer bobos. Tivemos um deficit de US$ 60 bilhões, a fronteira é fraca, e as drogas continuam entrando. Não vamos mais deixar isso acontecer."

"Vamos ter um novo relacionamento. Não vamos mais ser o país que não sabe o que está acontecendo. Vamos renegociar os acordos comerciais, vários acordos. Vamos ver o que acontece", acrescentou.

Em nota, o governo mexicano afirmou que os dois líderes haviam concordado em não abordar publicamente a "controversa" questão do muro na fronteira.

"Concordaram em resolver essas diferenças como parte de uma discussão integral de todos os aspectos da relação bilateral. Os presidentes também concordaram, por enquanto, de não falar mais publicamente sobre esse polêmico tema", acrescentou a Presidência mexicana. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos