PUBLICIDADE
Topo

Colégios eleitorais abrem para a primeira eleição no Zimbábue sem Mugabe

30.jul.2018 - Eleitores do Zimbábue votam pela primeira vez após a renúncia de Mugabe, em 2017. Há temor em relação a fraudes - Jekesai Njikizana/AFP
30.jul.2018 - Eleitores do Zimbábue votam pela primeira vez após a renúncia de Mugabe, em 2017. Há temor em relação a fraudes Imagem: Jekesai Njikizana/AFP

Do UOL, em São Paulo*

30/07/2018 04h33

Os colégios eleitorais no Zimbábue abriram nesta segunda-feira para eleições históricas: em quase 40 anos, é a primeira vez em que Robert Mugabe, que liderou o país entre 1980 e 2017, não está entre os candidatos.

A votação, que compreende eleições presidenciais, legislativas e municipais, começou às 7h (horário local, 2h em Brasília). Foram convocados para votar 5,6 milhões de cidadãos.

Muitos centros de votação amanheceram com filas de pessoas que esperavam pacientemente para exercer seu direito, segundo reportaram diversos veículos de imprensa locais na capital, Harare, e em outras partes do país.

Os eleitores terão até as 19h (14h em Brasília) para comparecer a um dos 10.985 colégios eleitorais para escolher seus representantes.

* Com EFE e AFP.