PUBLICIDADE
Topo

Homem é encontrado depois de 48 anos desaparecido graças a vídeo viral

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

21/01/2020 14h26

Um vídeo publicado no Facebook ajudou um homem de Bangladesh a reencontrar a família após 48 anos dado como desaparecido.

O então empresário Habibur Rahman, de 70 anos, havia desaparecido em 1972. Segundo familiares, o homem, pai de quatro filhos, havia partido da cidade de Sylhet a uma viagem de negócios para Chitagongue, a cerca de 380 km, e nunca mais retornou.

Desde então, a mulher e os quatro filhos de Rahman passaram a buscá-lo, sem sucesso. "Lembro que minha mãe e meus tios fizeram tudo para encontrá-lo por anos, antes de finalmente desistir. Mais tarde, minha mãe faleceu em 2000", disse Jalal Uddin, um dos filhos de Rahman, ao site do jornal Hindustan Times no último domingo (19).

Mas a busca encontrou um final feliz no começo de 2020, após uma faculdade de medicina do país asiático divulgar um vídeo no qual um homem pedia dinheiro para que um idoso pudesse tratar uma infecção no braço. O vídeo ganhou repercussão nacional em Bangladesh, chegando também cidadãos do país vivendo no exterior.

Uma das pessoas a ver as imagens foi a nora de Rahman, que mora nos Estados Unidos. Notando as semelhanças entre o homem retratado e as fotos do sogro, ela compartilhou a gravação com o marido e com o cunhado, que confirmaram: o idoso em questão era Habibur Rahman.

Há poucas informações a respeito do desaparecimento de Habibur Rahman. No entanto, a família informou que ele vivia em Sylhet nos últimos 25 anos com uma mulher chamada Razia Begum. Ela havia encontrado o empresário desorientado em um santuário.

"Ele disse que costumava viver uma vida nômade. Ele tem ficado conosco desde então", explicou Razia ao Hindustan Times.

Segundo ela, o homem já sofria complicações decorrentes da idade avançada nos últimos anos, que acabaram se agravando após ferir a mão direita em uma queda. A companheira não dispunha de dinheiro para arcar pela cirurgia, o que acabou levando à gravação do vídeo.

Ouça o podcast Ficha Criminal (https://noticias.uol.com.br/podcast/ficha-criminal/), com as histórias dos criminosos que marcaram época no Brasil.

Este e outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Internacional