PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Polêmico, dr. Scott Atlas pede demissão do governo de Donald Trump

Dr. Scott Atlas pede demissão do governo Trump - MANDEL NGAN / AFP
Dr. Scott Atlas pede demissão do governo Trump Imagem: MANDEL NGAN / AFP

Do UOL, em São Paulo

30/11/2020 23h41

O médico Scott Atlas, um dos integrantes da força-tarefa contra covid-19 e conselheiro do presidente Donald Trump, pediu demissão do governo republicano, segundo informou a rede de TV americana CNN.

No Twitter, Atlas confirmou o pedido e publicou a imagem de sua carta de demissão. Ele também desejou boa sorte aos componentes da nova equipe, se referindo à equipe de combate ao coronavírus que está sendo montada pelo presidente eleito Joe Biden.

Atlas foi selecionado para compor a força-tarefa do governo Trump em agosto. Ele entrou em confronto com cientistas do governo, incluindo o Dr. Anthony Fauci e a Dra. Deborah Birx, enquanto resistia aos esforços mais intensos para conter a pandemia covid-19, que matou até agora mais de 267 mil norte-americanos.

Polêmico, Atlas rompeu com especialistas do governo e boa parte da comunidade científica, principalmente depois de minimizar a eficácia das máscaras de proteção facial.

"As máscaras funcionam? NÃO", disse ele, nas redes sociais. O Twitter removeu o post classificado como "enganoso".

Em nova polêmica, desta vez em novembro, Atlas pediu para que os moradores de Michigan "se levantassem" contra as restrições impostas pela administração estadual para tentar conter a transmissão do coronavírus.

"A única forma disso parar é se as pessoas se levantarem. Você recebe o que você aceita", escreveu ele em um tuíte, mesmo dia em que a governadora do estado, a democrata Gretchen Whitmer, anunciou novas medidas de combate à covid. Atlas foi criticado pela escolha das palavras, mas horas depois disse que "não estava defendendo a violência".

Scott Atlas foi contratado como um "funcionário especial do governo", o que limita seu serviço ao período de 130 dias —prazo, este, que seria concluído nesta semana.

Internacional