PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Obama diz que perguntou sobre OVNIs e faz mistério: 'Não posso falar nada'

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama em entrevista para Stephen Colbert - Reprodução/YouTube
O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama em entrevista para Stephen Colbert Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

01/12/2020 14h25

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama foi o convidado da edição de ontem do programa de Stephen Colbert e admitiu que questionou a inteligência norte-americana, na época do seu governo, e pediu mais informações sobre a presença de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados).

A resposta? O democrata foi misterioso e não revelou o que recebeu de informação. "Não posso falar, desculpa".

Colbert, que é fascinado por ficção científica, começou a rir após a resposta enigmática de Obama.

"Tudo bem, vou considerar isso como um 'sim' [sobre a existência de alienígenas]. Porque se não existissem, você falaria simplesmente que não existem. Você entregou sua mão, pensei que fosse um jogador de pôquer", disse o apresentador, dando risada.

Com um sorriso amarelo, Obama teve jogo de cintura para acrescentar outro tópico ao assunto para tentar mudar o foco.

"Sinta-se à vontade para pensar assim. Posso falar? Diziam que [o caso] Roswell era a maior conspiração [do governo], mas agora isso parece tão calmo, essa ideia de que o governo pode tem uma nave espacial."

O Caso Rosweell é um dos mais famosos da ufologia mundial e aconteceu em julho de 1947, no estado do Novo México (EUA). A crença é que um OVNI teria caído na região e o governo norte-americano o recolheu.

A versão oficial dos militares indica que o objeto em questão foi um balão de vigilância da Força Aérea — mas muitas teorias já foram criadas sobre o tema e alguns até acreditam que um alienígena foi encontrado dentro da suposta nave.

Veja abaixo a fala do presidente, a partir de 9min45s:

Internacional