Exclusivo para assinantes UOL

Como o ex-chanceler alemão Helmut Kohl quase prolongou a Guerra Fria

Klaus Wiegrefe

  • Michael Urban/REUTERS

    Ex-líder soviético, Mikhail Gorbachev, na esquerda e o chanceler alemão Helmut Kohl trocam canetas após assinarem contrato em Bonn, na Alemanha

    Ex-líder soviético, Mikhail Gorbachev, na esquerda e o chanceler alemão Helmut Kohl trocam canetas após assinarem contrato em Bonn, na Alemanha

Documentos secretos recém-revelados mostram que o chanceler alemão Helmut Kohl foi contra negociar com o líder soviético Mikhail Gorbatchev nas etapas finais da Guerra Fria. Se o líder alemão-ocidental tivesse prevalecido, é provável que o conflito terminasse de modo muito diferente.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos