PUBLICIDADE
Topo

Um crime sórdido provoca uma onda de indignação contra a elite no poder no Chade

A jovem Zayra Mahamat Yosko, 16, também conhecida como Zouhoura - Facebook/Reprodução
A jovem Zayra Mahamat Yosko, 16, também conhecida como Zouhoura Imagem: Facebook/Reprodução
Exclusivo para assinantes UOL

Cyril Bensimon

24/02/2016 00h01

Filhos de funcionários de alto escalão são suspeitos de terem cometido agressões sexuais

Poderia ter sido só mais um crime sórdido. Mas o “caso Zouhoura” acabou se tornando uma quest&...