Exclusivo para assinantes UOL

Escritor egípcio é condenado à prisão por suas 'ousadias eróticas'

  • Amr Nabi/AP

     Abdel Fattah al-Sissi, presidente do Egito

    Abdel Fattah al-Sissi, presidente do Egito

Ao folhear a edição de agosto de 2014 da revista literária egípcia “Akhbar al-Adab”, Hani Saleh Tawfik sentiu palpitações cardíacas e uma queda na pressão. A leitura de um capítulo do romance ilustrado “Usando a Vida” (“Istikhdam al-Hayat”, Ed. Dar al-Tanwir, 2014), do jovem autor egípcio Ahmed Naji, chegou a deixar o homem de 65 anos gravemente doente.

UOL Cursos Online

Todos os cursos