Exclusivo para assinantes UOL

Tortura praticada pelos EUA deixa legado de transtornos mentais

Matt Apuzzo, Sheri Fink e James Risen

  • Bryan Denton/The New York Times

    Younous Chekkouri, ex-preso de Guantánamo

    Younous Chekkouri, ex-preso de Guantánamo

Antes de os Estados Unidos autorizarem uma forma assustadora de interrogar prisioneiros, advogados e autoridades de inteligência do governo se asseguraram de um resultado crucial. Eles sabiam que os métodos infligidos aos suspeitos de terrorismo seriam dolorosos, chocantes e muito além do que o país consideraria aceitável. Mas nenhum deles, eles concluíram, causaria danos psicológicos duradouros.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos