Exclusivo para assinantes UOL

Longe de recuar, populismo ganha força e aumenta influência na política mundial

Max Fisher e Amanda Taub

  • ADAM FERGUSON/NYT

    Nigel Farage, líder do Partido da Independência em Londres

    Nigel Farage, líder do Partido da Independência em Londres

Como se a política ocidental não fosse suficientemente volátil, uma série de eleições recentes parece oferecer evidências contraditórias sobre o populismo estar avançando ou recuando.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos