Exclusivo para assinantes UOL

Em país fictício, Rússia brinca de jogos de guerra com falso inimigo, mas preocupa o mundo real

Andrew Higgins

Em Moscou (Rússia)

  • AP

    Tanques de guerra de Belarus se preparam para os jogos de guerra com a Rússia

    Tanques de guerra de Belarus se preparam para os jogos de guerra com a Rússia

O país não existe, de modo que não tem nem um exército nem cidadãos reais, apesar de ter adquirido um pequeno grupo determinado de supostos patriotas on-line. A partir desta quinta-feira (14), entretanto, o Estado fictício, Veishnoriya, uma destilação dos temores mais sombrios do Kremlin a respeito do Ocidente, se tornará alvo do poderio militar combinado da Rússia e sua aliada, Belarus.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos