Exclusivo para assinantes UOL

Starbucks fecha as portas por 4 horas para falar sobre racismo com funcionários nos EUA

Rachel Abrams, Tiffany Hsu e John Eligon

  • REUTERS/Jessica Kourkounis

    Loja da Starbucks fechada para treinamento contra preconceito na Filadélfia

    Loja da Starbucks fechada para treinamento contra preconceito na Filadélfia

Para a Starbucks, foi fácil medir o alcance do treinamento contra o preconceito em toda a companhia na terça-feira (29). Aproximadamente 175 mil empregados em 8.000 locais se debruçaram sobre 23 mil iPads para aprender sobre o poder de processamento de cérebros inconscientes e as raízes do preconceito inconsciente.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos