PUBLICIDADE
Topo

Cai a confiança dos consumidores chineses, lançando uma sombra sobre a economia global

Logotipo da Apple Store na fachada de um shopping em Pequim, na China - Giulia Marchi/The New York Times
Logotipo da Apple Store na fachada de um shopping em Pequim, na China Imagem: Giulia Marchi/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Alexandra Stevenson, Li Yuan e Raymond Zhong

Em Hong Kong (China)

05/01/2019 00h01

Por anos, independente do que estivesse acontecendo em outros lugares, as empresas globais apostaram bilhões e bilhões de dólares de que os consumidores na China continuariam gastando dinheiro.

Agora, em um momento em que a economia mundial poder...