PUBLICIDADE
Topo

Política

Ministro Marco Aurélio se diz "preocupado" com Joaquim Barbosa na presidência do Supremo

Camila Campanerut

Do UOL, em Brasília

27/09/2012 17h52Atualizada em 27/09/2012 17h58

O ministro Marco Aurélio Mello disse nesta quinta-feira (27) estar “preocupado” com o fato de o colega Joaquim Barbosa ser o próximo a assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal. Barbosa hoje é vice e é o provável substituto de Ayres Britto, que completa 70 anos em novembro e, pela lei, será obrigado a se aposentar.

“Eu fico muito preocupado diante do que percebo no plenário. Eu sempre repito: o presidente [da Corte] é um coordenador. Ele é algodão entre cristais. Ele não pode ser metal entre cristais”, disse Marco Aurélio.

O magistrado disse que já havia comentado anteriormente sobre a “falta de urbanidade” do relator quando proferiu duras críticas ao ministro-revisor, Ricardo Lewandowski, diante das divergências dos votos deles. A divergência mais crítica ocorreu na sessão de ontem (veja abaixo o vídeo). O relator acusou o revisor, Ricardo Lewandowski, de fazer "vista grossa aos autos".

A fala de Barbosa irritou os colegas, que cobraram uma postura diferente do relator. Ontem, Marco Aurélio saiu em defesa de Lewandowski: "Ninguém faz vista grossa. Aguarde a manifestação dos colegas (...). Policie sua linguagem".  "Vossa excelência está num colegiado de alto nível. Vamos respeitar os colegas. O senhor não está respeitando a instituição", completou Marco Aurélio.

Em bate-boca no STF, Barbosa cita hipocrisia e vista grossa

Política