PUBLICIDADE
Topo

Política

Prefeitos criticam ranking de casos de covid-19 feito pelo Planalto

O governo federal fez um ranking dos casos de covid-19 e enviou para parlamentares - Avener Prado/UOL
O governo federal fez um ranking dos casos de covid-19 e enviou para parlamentares Imagem: Avener Prado/UOL

Do UOL, em São Paulo

11/08/2020 13h41

A FNP (Frente Nacional de Prefeitos) criticou um ranking feito pelo Palácio do Planalto e enviado a parlamentares que mostra as cidades com mais casos e mortes pela covid-19.

Em nota, a entidade afirmou que a gestão Jair Bolsonaro (sem partido) tem sido omissa no combate ao novo coronavírus. "Desde o início da pandemia, quando os casos se concentravam em poucos municípios do Brasil, o governo federal tem se esquivado das responsabilidades", diz a FNP.

Os prefeitos acusaram a União de não colaborar com as medidas locais de isolamento social. Segundo a nota, o governo tenta "imputar responsabilidades, evidenciando o ânimo de apontar culpados".

Bolsonaro sempre foi contrário ao isolamento social e criticou estados e municípios que adotaram a medida, recomendada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e por especialistas de todo o mundo para evitar a propagação da covid-19.

A nota da FNP diz ainda que a postura do governo "atrapalha medidas implementadas por prefeitos e governadores para salvar vidas".

O documento foi obtido pelo jornal Folha de S.Paulo. A lista foi produzido pela Secretaria de Governo com dados de sábado do Ministério da Saúde. Ele menciona os estados com mais casos de covid-19 e cita nominalmente os governadores de São Paulo (João Doria), Rio Grande do Sul (Eduardo Leite), Bahia (Rui Costa) e Minas Gerais (Romeu Zema), além dos prefeitos de São Paulo (Bruno Covas), Salvador (ACM Neto) e Rio de Janeiro (Marcelo Crivella).

De acordo com a publicação, o ranking foi encaminhado para aliados de Bolsonaro. A intenção seria para que eles usassem contra adversários políticos críticos à conduta do presidente no combate à pandemia.

Política