PUBLICIDADE
Topo

Covid: Brasil passa a China em casos oficiais e é o 10º do ranking mundial

27/04/2020 - Coronavírus: Hotéis e supermercados começam a aferir temperatura das pessoas que entram nos locais em Florianópolis (SC) - EDUARDO VALENTE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
27/04/2020 - Coronavírus: Hotéis e supermercados começam a aferir temperatura das pessoas que entram nos locais em Florianópolis (SC) Imagem: EDUARDO VALENTE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

30/04/2020 16h44Atualizada em 01/05/2020 14h07

Resumo da notícia

  • País chega a 85.380 infectados pelo coronavíruse; foram registrados 7.218 diagnósticos novos nas últimas 24 horas
  • Com 435 óbitos confirmados de ontem para hoje, sobe 5.901 o número de mortes confirmadas Brasil
  • São Paulo concentra o maior número de mortos (2.375), seguido pelo Rio de Janeiro (854)
  • Segundo o governo, 35.935 se recuperaram da doença (um índice de 42%)

O Ministério da Saúde anunciou hoje que subiu para 5.901 o número de mortes pelo novo coronavírus no Brasil — 435 óbitos confirmados nas últimas 24 horas. Até ontem eram 5.466.

No total, o país chegou a 85.380 casos oficiais, com 7.218 diagnósticos novos de ontem para hoje. Segundo o ministério, ao menos 43.544 pacientes estão em acompanhamento e mais de 35.935 já se recuperaram (42% dos infectados) — 1.539 óbitos seguem em investigação.

Com isso, o Brasil ultrapassou a China em números de casos — o país asiático tem 84.373, segundo informações do governo. O Brasil agora é o 10º no ranking com mais diagnósticos positivos, segundo a Universidade Johns Hopkins.

O 9º na lista é o Irã, com 94.460. Quem lidera o ranking mundial são os Estados Unidos, com mais de 1 milhão de diagnósticos positivos.

Na terça-feira (28), o Brasil passou a China em número de mortos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), quando chegou à marca de 5 mil óbitos — a China tem 4.643, segundo o governo. A última morte registrada por coronavírus na China é de 14 de abril.

Os 7.218 casos de covid-19 nas últimas 24 horas no Brasil fizeram com que o país ficasse de novo na segunda posição entre os países que mais registraram novos casos de covid-19 no mundo, repetindo o feito de ontem e ficando atrás somente dos Estados Unidos, que somaram 26.512 contaminações pelo coronavírus entre ontem e hoje.

Em relação às mortes nas últimas 24 horas, as 435 vítimas fatais da covid-19 no Brasil colocaram o Brasil na terceira posição das nações com mais óbitos pela doença no período, atrás também dos Estados Unidos (2.552 mortes) e do Reino Unido (674 mortes). A Espanha registrou entre ontem e hoje 268 novas mortes, segundo o governo.

A taxa de letalidade — que compara os casos totais pelos números de óbitos confirmados — no Brasil é de 6,9%, segundo a atualização do governo.

O anúncio de hoje, no entanto, não significa necessariamente que 435 pessoas morreram nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde tem somado ao balanço diário mortes ocorridas dias atrás, mas com confirmação de covid-19 no último dia.

No total, as mortes em decorrência do coronavírus confirmadas em cada estado são:

Acre (19); Alagoas (47), Amapá (34); Amazonas (425); Bahia (104); Ceará (482); Distrito Federal (30); Espírito Santo (83); Goiás (29); Maranhão (184); Mato Grosso (11); Mato Grosso do Sul (9); Minas Gerais (82); Pará (208); Paraná (83); Paraíba (62); Pernambuco (565); Piauí (24); Rio Grande do Norte (56); Rio Grande do Sul (51); Rio de Janeiro (854); Rondônia (16); Roraima (7); Santa Catarina (46); São Paulo (2.375); Sergipe (12); Tocantins (3).

Coronavírus