Brasil presidirá Conselho Executivo da Organização Mundial de Saúde

Brasília - O Brasil foi eleito por aclamação para exercer o conselho executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), informou nesta quarta-feira, 30, o Ministério das Relações Exteriores. A escolha ocorreu na terça-feira (29). O País não ocupa essa posição desde 1961.

"O Brasil tem uma atuação de destaque e liderança na OMS, sobretudo na defesa do acesso universal a medicamentos e serviços de saúde", diz nota divulgada pela pasta. "No exercício da presidência do Conselho Executivo, o Brasil terá a oportunidade de coordenar a discussão multilateral dos principais temas de saúde em sintonia com os objetivos da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável."

A presidência será exercida pela Representante Permanente do Brasil junto à ONU em Genebra, embaixadora Maria Nazareth.

A nota informa que a OMS existe desde 1948, com a missão de "elevar os padrões sanitários e de bem-estar da população mundial". Com esse objetivo, coordena esforços internacionais para prevenir, controlar e tratar doenças e supervisiona o intercâmbio de informações epidemiológicas entre países-membros, além de realizar pesquisas na área de saúde.

Lu Aiko Otta

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos