Topo

Estudo com vacina contra dengue na Ásia demonstra redução de 56% dos casos

Do UOL

Em São Paulo

28/04/2014 11h43

A Sanofi anunciou nesta segunda-feira (28) os resultados de um estudo de fase 3 com a vacina contra dengue feito em cinco países da Ásia. Segundo a farmacêutica, houve redução de 56% dos casos, o que foi considerado bastante positivo.

“Pela primeira vez uma vacina conseguiu reduzir os casos de dengue em mais da metade. Isso é inédito, já que não existia nada capaz de combater essa doença, que aumenta de forma exponencial”, afirma a médica Lucia Bricks, diretora de saúde pública da Sanofi Pasteur, divisão de vacinas da farmacêutica.

Um total de 10.275 crianças com idade entre 2 e 14 anos de áreas endêmicas para dengue da Indonésia, Malásia, Filipinas, Tailândia e Vietnã participaram do estudo de 2011 a 2013. Os participantes receberam três injeções da vacina contra dengue ou um placebo (em uma proporção de 2 para um) com intervalos de 6 meses entre cada dose. O estudo irá continuar com um acompanhamento de longo prazo da população.

Não houve mortes ou efeitos colaterais graves registrados, segundo a médica. Detalhes sobre reações adversas e também sobre a proteção fornecida para cada sorotipo da dengue serão publicados em breve, e apresentados em um simpósio científico, de acordo com a empresa.

Estudos de fase 3 são a última etapa para aprovação de uma vacina. Eles envolvem milhares de pacientes e ocorrem após a fase 2, que atesta a segurança e eficácia em um número menor de pessoas. Ao todo, mais de 40 mil voluntários participam dos estudos com a vacina da Sanofi Pasteur. 

América Latina

A farmacêutica também realiza um estudo de fase 3 semelhante ao que foi divulgado com 20 mil crianças e adolescentes da América Latina (Brasil, Colômbia, Honduras, México e Porto Rico). Por contar com um número maior de participantes, os resultados ainda estão em análise, mas devem ficar prontos ainda este ano.

A OMS estima a ocorrência de até 100 milhões casos de dengue por ano, mas o número total de pessoas infectadas pelo vírus da dengue globalmente não é totalmente conhecido, já que a doença é subnotificada e, muitas vezes, mal diagnosticada. No Brasil, só em 2013 foram notificados quase 1,5 milhão de casos.

Mais Notícias