Obeso ou acima do peso? Veja respostas que a balança não dá para você

Bia Souza

Do UOL, em São Paulo

Você sabia que estar acima do peso não é necessariamente ser obeso?

Excesso de peso é quando alguém que tem um IMC (Índice de Massa Corpórea) entre 25 e pouco menos de 30. Obeso é alguém que tem um IMC acima de 30. Para calcular este índice, deve-se dividir o peso (em quilos) pela altura (em metros) ao quadrado. Por exemplo: para uma pessoa com 1,70 m de altura e 70 kg, o IMC é 70/ (1,70 x 1,70) ou seja, 24,2.

"Uma pessoa que tem apenas excesso de peso pode estar inchada, com problemas renais ou cardíacos, usando medicamentos como corticoides ou apenas ser musculosa", diz Claudia Cozer, médica endocrinologista e coordenadora do Núcleo de Obesidade e Transtornos Alimentares do Hospital Sírio-Libanês.

É comum ouvir que gordura extra é falta de determinação e até mesmo preguiça. Mas obesidade não pode ser "curada" com dietas. "Obesidade não tem cura. Tem controle. Por isso dietas são usadas por períodos temporários. Elas cansam, enjoam. Temos que fazer reeducação alimentar, saber comer, comer de tudo e não tudo", diz Cozer.

Obesidade tem uma série de causas, fatores genéticos, ambientais, emocionais. Filhos de pais obesos têm maior chance de serem obesos na vida adulta. "Quando os dois pais são obesos, a chance da criança se tornar obesa é de 75%", afirma o endocrinologista Paulo Rosenbaum do hospital Albert Einstein.

Não é apenas o excesso de peso que pode ser generalizado, mesmo a obesidade não é sempre igual. "A obesidade sozinha, dependendo da genética, pode se manifestar de formas diferentes. Existem ganhos de pesos que não levam a outras doenças, alguns levam a problemas ortopédicos e outros levam a problemas metabólicos como diabetes", diz o cirurgião Ricardo Cohen, coordenador do Centro de Obesidade e Diabetes do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e atual presidente do Conselho Consultivo e Fiscal da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

Tire algumas dúvidas sobre obesidade
  • Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica/Arte UOL
    Cirurgia bariátrica é a opção mais saudável?
    A cirurgia é indicada quando todos os outros métodos para perder peso não obtiveram resultado e o excesso de peso pode levar a complicações da saúde.
  • Creative Commons
    Inibidor de apetite ajuda no tratamento?
    Alguns inibidores de apetite podem auxiliar no tratamento contra a obesidade, mas precisa estar associado a exercícios físicos e reeducação alimentar. Sozinhos, eles não ajudam ninguém a emagrecer.
  • Rungroj Yongrit/ EPA/ EFE
    Toda pessoa com excesso de peso é obesa?
    Depende da proporção de massa muscular (massa magra) e tecido adiposo (massa gorda). Um boxeador de 100 kg tem menos de 10 % de gordura corpórea, por exemplo. A pessoa também pode ter aumento de peso por inchaço causado por remédios como corticoides ou por alterações nos rins ou no coração.
  • iStock
    Obesidade pode afetar a fertilidade?
    A obesidade diminui o número de ovulações, altera o ciclo menstrual e favorece o aborto.
  • Reprodução/Instagram
    É possível estar gordo e ser saudável?
    Não se pode dizer que uma pessoa obesa está totalmente saudável. Obesidade é doença, mas existem os obesos metabolicamente saudáveis. Estes indivíduos não apresentam hipertensão, diabetes ou aumento dos níveis de colesterol no sangue. Isto se deve principalmente por uma distribuição de gordura de forma protetora, que não se acumula na região abdominal
  • Thinkstock
    Crianças com pais obesos serão obesas?
    Quando os dois pais são obesos existe uma probabilidade de 75% da criança crescer obesa. Quando apenas um dos genitores é obeso esse risco fica entre 40% e 50%
  • iStock
    Obesidade pode interferir na vida sexual?
    Além dos aspectos emocionais com tendência a depressão, baixa autoestima, a obesidade pode provocar alterações dos hormônios sexuais e causar dificuldades físicas para o ato sexual.
  • Thinkstock
    É possível ser obeso mesmo sem comer fast food?
    Um dos maiores responsáveis pelo excesso de peso é o fator genético. A alimentação errada é um dos fatores. Mesmo alimentos considerados saudáveis como frutas, cereais e legumes engordam se ingeridos em excesso
  • Getty Images
    Amamentação protege contra a obesidade?
    Recomenda-se amamentação de no mínimo 6 meses para evitar obesidade no futuro.
  • Shutterstock
    Dormir mal influencia o peso?
    Menos horas de sono aumentam a produção de um hormônio responsável pela sensação de fome, além de reduzir a disposição para realizar atividade física.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos