Por zika, parques de diversão dos EUA distribuem repelente de graça

Ansa

  • Phil Whitehouse/Creative Commons

Em meio ao aumento da transmissão do vírus da zika nos Estados Unidos, grande parte dos parques de diversão mais famosos do país e do mundo, como o Walt Disney World, o Sea World Orlando e o Universal Orlando Resort, começou a distribuir repelente para seus visitantes de graça.

A medida, que entrou em prática no último domingo (28) nos parques de Orlando, tem como objetivo tranquilizar os seus visitantes e diminuir os receios dos turistas em relação à infecção do vírus na região.  

Conhecido e temido internacionalmente, principalmente devido ao surto de nascimentos de bebês com microcefalia no Brasil, o zika, que também foi uma das grandes preocupações dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, já foi detectado em países asiáticos como Cingapura e no sul dos Estados Unidos.  

O estado da Flórida é um dos mais afetados pelo vírus, com casos sendo investigados nos condados de Pinellas e de Miami-Dade e na cidade de Palm Beach. No entanto, ainda não foi registrado nenhum caso de zika na região central, onde estão localizados os parques de Orlando.  

Em uma nota oficial, a Disney afirmou que "com abundância de cautela, estamos acelerando esforços preventivos em nossa propriedade, incluindo oferecer repelente de insetos para os nossos visitantes junto a guias informativos úteis dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças". 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos