Foto vira alerta a mães após garotinha passar mal durante soneca da tarde

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Instagram

    Garotinha sofreu com intermação: a sua temperatura corporal estava em 40°C

    Garotinha sofreu com intermação: a sua temperatura corporal estava em 40°C

Uma mulher no Canadá quer alertar a mães e pais de todo o mundo sobre os perigos da intermação. De acordo com ela, este problema quase matou sua filha de três anos.

No dia 13 de julho, Jeann Abma, da cidade de Edmonton, foi acordar sua filha, Anastasia, da soneca da tarde. Segundo contou à rede norte-americana "ABC", a menina estava muito quente e não respondia.

"Sabia que havia algo errado", contou a mãe. "Eu subi e estava muito quente, como uma sauna. As cortinas estavam fechadas e as janelas, abertas. Ela estava na direção do sol. Como estava quente lá fora, mesmo com a janela aberta, não havia circulação de ar, só calor."

Jenn ligou para a emergência. Como Anastasia estava com o nível de glicose no sangue muito baixo, os paramédicos deram soro de glicose para que aumentasse. A temperatura corporal da menina estava em cerca de 40°C quando eles conseguiram acordá-la, lembrou a mãe.

Mas a cidade canadense registrava 29°C naquela tarde do dia 13. De acordo com Jenn, ela nunca havia pensado em comprar um ar condicionado até aquele dia. "Este é o primeiro verão dela nesta casa. Eu não sabia que o quarto fica mais quente do que o resto", afirmou a mãe.

Jenn tirou uma foto de sua filha enquanto esperava a emergência. "Eles [paramédicos] sugeriram que eu compartilhasse a imagem com amigos e família", contou a mulher. No dia seguinte, ela publicou a foto no Instagram para conscientizar outros pais sobre a intermação.

Reprodução/Instagram
Jeann Abma tomou um susto ao acordar sua filha, Anastasia, da soneca da tarde

"Não, não é minha culpa que isso aconteceu com ela, mas é difícil não se culpar", diz o post publicado no dia 14 de julho. "Esta é uma lição aprendida e espero que outros pais possam tirar algo disso e sempre checarem os quartos nas suas casas, pois eles podem ser tão perigosos quanto um carro quente."

A mãe conta que recebeu diferentes tipos de respostas. "Algumas pessoas falaram: 'como você é tão burra que não notou que o quarto estava quente?'", contou à rede norte-americana. "Mas para cada comentário ruim há um bom. Estou feliz em ter compartilhado. Ouve-se sobre crianças morrerem dentro de carros diariamente, mas pensar que isso também pode acontecer em um quarto..."

A intermação se dá em um ambiente que força a temperatura corporal a subir drasticamente. É mais grave que a insolação e pode levar à morte. É mais comum em lugares abertos de alta exposição ao sol, mas também pode acontecer em ambientes internos, especialmente se estiver com baixa circulação de ar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos