Topo

Dois casos de peste pneumônica são diagnosticados na China

A bactéria Yersinia pestis é responsável pela doença - iStock
A bactéria Yersinia pestis é responsável pela doença Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

13/11/2019 16h06

Duas pessoas na China foram diagnosticadas com peste, deixando um alerta de pânico para a possível transmissão da doença altamente infecciosa e fatal. As autoridades de Pequim disseram que as pessoas infectadas vieram da Mongólia Interior, uma região independente que fica ao norte da China.

A dupla buscou tratamento em um hospital em Pequim, onde foram diagnosticados com peste pneumônica, segundo informou a polícia do distrito de Chaoyang.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China afirmou que os moradores da capital não precisam ficar preocupados, já que os riscos de transmissões futuras são "extremamente baixos".

Os especialistas rapidamente isolaram os pacientes, conduziram investigações epidemiológicas nas pessoas que corriam o risco de pegar a doença e desinfetaram todos os locais importantes.

A peste pneumônica é um dos três tipos de doenças infecciosas conhecidas como peste causada pela mesma bactéria, Yersinia pestis, informou o NY Times. Pacientes diagnosticados com peste pneumônica, que causa febre alta e falta de ar, às vezes contraem primeiro a doença relacionada e mais conhecida, a peste bubônica.

O medo dos chineses é de um possível surto da doença, que já foi conhecida como a Peste Negra e dizimou milhões de pessoas na Europa e espalhou para a Ásia e a África.

No mês passado, as autoridades chinesas disseram que reforçariam as medidas de quarentena para impedir que a peste entrasse no país depois que Madagascar foi atingido por um surto da doença em rápida expansão.

Não está claro quando os casos foram detectados pela primeira vez na China, mas os moradores estão perguntando por que as autoridades demoraram tanto tempo para diagnosticar e divulgar o problema.

Saúde