França consegue rebocar cargueiro à deriva que ameaçava atingir costa do país

E, Brest (França)

A operação para rebocar o navio mercante "Modern Express", que estava à deriva há uma semana no golfo de Biscaia, "foi um sucesso", afirmaram nesta segunda-feira as autoridades marítimas francesas.

O "Centaurus", um rebocador espanhol que foi amarrado por volta do meio-dia desta segunda-feira a 44 km da costa francesa, "conseguiu mudar o navio de direção e começou a rebocá-lo", afirmou o porta-voz da prefeitura marítima de Brest (oeste).

"O comboio se dirige agora para o oeste a três nós (5,5 km/h)", indicou o porta-voz.

O "Modern Express", que navegava sob a bandeira do Panamá e com 164 metros de comprimento, cuja tripulação foi evacuada por helicóptero na terça-feira, transportava uma carga de 3.600 toneladas de madeira e máquinas.

O navio mercante havia zarpado do Gabão e seguia para o porto francês de Le Havre (noroeste) quando emitiu na terça-feira uma mensagem de socorro a 280 km da ponta noroeste da Espanha.

Depois ficou à deriva e ameaçava encalhar ao longo da costa da Aquitânia (sudoeste da França).

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos