Um morto, quatro desaparecidos e ao menos 9.600 casas alagadas no Haiti

Porto Príncipe, 29 Fev 2016 (AFP) - Uma pessoa morreu e outras quatro estão desparecidas após as fortes chuvas que caíram no domingo no Haiti, e ao menos 9.600 casas continuavam alagadas nesta segunda - informou a Proteção Civil haitiana.

"Uma pessoa morreu durante a travessia de um rio no departamento de Grande-Anse", no sudoeste da ilha, disse à AFP Edgar Celestin, porta-voz para a Proteção Civil. "Outro homem que estava com ela não foi encontrado, e três pescadores também estão sendo consideradas desparecidos nesse departamento", acrescentou.

As fortes chuvas também causaram inundações em Cap Haitien, a segunda maior cidade do país (norte).

Na cidade de 400.000 habitantes, cerca de "8.124 casas ficaram inundadas e na comuna de Limonade (15 km a leste), 1.532 casas ficaram alagadas", disse Bernadin Francisque, oficial de comunicações da Proteção Civil no departamento do Norte.

No entanto, o plano de instalar abrigos de emergência para os afetados não foi ativado. Normalmente as pessoas afetadas ficam temporariamente instaladas em casas de conhecidos ou parentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos