Protesto na França contra ursos após morte de 125 ovelhas

Tarbes, França, 5 Jul 2016 (AFP) - Duzentas pessoas protestaram nesta terça-feira em Luz-Saint-Sauveur, um povoado do sudoeste da França, para se queixar pela presença de ursos nos Pirineus, acusados de ter provocado a morte no último fim de semana de 125 ovelhas.

"Pecuária em luto", "retirada imediata dos ursos", diziam os cartazes dos manifestantes, entre os quais havia criadores de gado transumantes, autoridades políticas locais e caçadores.

Segundo Thierry Lassalle-Carrère, dono do rebanho atingido, um urso encurralou as ovelhas e elas caíram em um barranco.

"Havia 309 ovelhas na montanha e 125 morreram". "Fico por seis ou sete anos sofrendo por culpa do urso, todos os anos há ataques, mas nunca como neste ano", explicou. "Levarei anos para recuperar isso".

Vinte anos depois da reintrodução do urso, este animal continua sendo alvo de polêmica nos Pirineus, onde há trinta exemplares.

cor-chv/prh/avl/pc/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos