PUBLICIDADE
Topo

Casal é resgatado de ilha do Pacífico graças a S.O.S. na areia

Um casal preso há uma semana na ilha de East Fayu, na Micronésia, foi resgatado depois que um avião que participava de sua busca avistou um sinal de S.O.S. escrito na areia - US Navy/AFP
Um casal preso há uma semana na ilha de East Fayu, na Micronésia, foi resgatado depois que um avião que participava de sua busca avistou um sinal de S.O.S. escrito na areia Imagem: US Navy/AFP

De Wellington

28/08/2016 09h27

Um casal preso há uma semana em uma ilha deserta do Pacífico foi resgatado depois que um avião que participava de sua busca avistou um sinal de S.O.S. escrito na areia, anunciaram neste domingo membros da guarda costeira americana.

Um avião da Marinha americana encontrou o casal, "que tinha um estoque limitado de comida", na ilha East Fayu, Micronésia, segundo o comunicado da guarda costeira.

O avião decidiu sobrevoar a região após receber informações de um barco que afirmou ter visto luz na ilha à noite.

"A operação de busca de Linus e Sabina Jack foi um sucesso", diz um comunicado da embaixada dos Estados Unidos em Colonia.

"Orientamos a busca na ilha porque sabíamos que não era habitada, e que o casal tinha uma lanterna no barco."

O casal zarpou no último dia 17 da ilha de Weno, Micronésia, em uma embarcação de cinco metros. O alerta foi dado no dia seguinte, uma vez que eles não chegaram ao destino previsto, a ilha de Tamatam.

Quinze barcos e dois aviões foram mobilizados durante a semana de buscas, para cobrir 43.000 km², segundo a guarda costeira.