Tiroteio em restaurante de Los Angeles deixa três mortos

Em Los Angeles (Estados Unidos)

  • AP Photo/Reed Saxon

    O tiroteio em um restaurante de Los Angeles deixou três mortos; investigadores examinam a cena do crime

    O tiroteio em um restaurante de Los Angeles deixou três mortos; investigadores examinam a cena do crime

Um tiroteio em um restaurante jamaicano popular de Los Angeles deixou três mortos e uma dúzia de feridos na madrugada deste sábado (15), informou a polícia.

Uma pessoa foi presa e um segundo suspeito estava sendo procurado após o incidente, ocorrido no bairro de West Adams, sudoeste da metrópole californiana, disse o tenente Chuck Springer.

A polícia recebeu uma chamada de emergência à 0h30. "Havia uma reunião no local, provavelmente uma festa, e um número desconhecido de pessoas ficou na linha de tiro", segundo o porta-voz policial. A identidade das vítimas não foi divulgada.

"O cenário é sangrento, há balas por todos os lados", descreveu ao jornal "Los Angeles Times" o sargento Frank Preciado, assinalando que havia 50 pessoas no restaurante no momento do tiroteio.

Às 11h, uma equipe de peritos chegou ao local para analisar os corpos. A área do restaurante Dilly's permanecia interditada pela polícia neste sábado. Dezenas de agentes trabalhavam na cena do crime, observados por curiosos.

Blair Hamilton, que mora perto do restaurante, contou ter ouvido cerca de 20 tiros, e que viu pessoas correndo na frente de sua casa. "Era um caos total", declarou ao Times.

"Este tiroteio horrível é o mais recente exemplo da epidemia insensata de violência causada pelas armas de fogo, que provoca dor e tristeza em nossa cidade e no país", diz um comunicado divulgado pela prefeitura de Los Angeles.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos