Homem que nasceu sem uma das mãos recebe transplante na Polônia

Varsóvia, 22 dez 2016 (AFP) - Cirurgiões do Hospital universitário de Breslávia, no oeste da Polônia, anunciaram nesta quinta-feira que realizaram um transplante de mão em um homem de 32 anos que nasceu sem o membro superior, destacando o ineditismo da operação.

"É o primeiro trasplante no mundo de um membro superior em uma pessoa que tem uma malformação congênita. Estamos falando de um homem adulto que viveu 32 anos sem este membro", declarou Adam Domanasiewicz, chefe da equipe de cirurgiões, em uma conferência de imprensa transmitida pela rede de televisão privada Polsat News.

A operação foi realizada em 15 de dezembro, a partir do punho do membro incompleto. Alguns dias depois da cirurgia, que durou 13 horas, a mão permanecia imóvel, mas o paciente conseguia mexer os dedos, de modo que os médicos estão otimistas em relação ao resultado definitivo.

"Isto tem uma importância colossal para o desenvolvimento da transplantologia e da neurofisiologia, visto que até agora se considerava que não era possível realizar transplantes em casos de malformações congênitas porque o órgão carecia de representação no córtex cerebral, que dirigiria o membro trasplantado", afirmou Domanasiewicz.

Esta operação "abre novas possibilidades para milhares de pessoas no mundo que nascem sem um membro e são obrigadas a utilizar próteses", acrescentou o médico.

Segundo ele, foram realizados trasplantes similares somente em casos de siameses recém-nascidos, na Indonésia e no Canadá.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos