Novas famílias de tigres são encontradas na Tailândia

Bangcoc, 28 Mar 2017 (AFP) - Filhotes de tigres foram encontrados em um parque natural no leste da Tailândia, um "milagre" para esta subespécie dizimada pelo desmatamento e caça ilegal, informaram grupos de defesa dos animais.

A Tailândia, considerada uma das maiores fontes de tráfico de animais silvestres da Ásia, é um dos treze países onde os tigres ainda vivem em estado selvagem, mas seu número caiu drasticamente nos últimos anos.

A última vez que uma família de tigres da Indochina foi encontrada foi há 15 anos.

O desmatamento, o crescimento das cidades e a caça explicam o declínio do número de tigres na Ásia.

"O aumento dos tigres do leste da Tailândia é um milagre", comemorou John Goodrich, diretor do programa dedicado ao tigre no Panthera, um grupo de preservação destes animais selvagens. Segundo a organização, a Tailândia é o único país no mundo com novas famílias de tigres da Indochina.

Nas imagens feitas na selva em 2016 pode-se ver uma dúzia de tigres, fêmeas e sua prole.

"Uma vez que o comércio ilegal de tigres continua, esses animais precisam de proteção", disse Kraisak Choonhavan, presidente do conselho de Freeland, uma ONG ambiental.

"É crucial continuar o grande progresso feito pelo governo tailandês para reforçar a proteção dos tigres", acrescentou.

Os tigres da Indochina são geralmente menores do que os de Bengala e da Sibéria. No passado, eram presentes em grande parte da Ásia. Mas hoje existem apenas 200 na Tailândia e Mianmar.

Em 2010, os treze países com tigres em sua vida selvagem, Bangladesh, Butão, China, Camboja, Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar, Nepal, Rússia, Tailândia e Vietnã, lançaram um programa para dobrar o seu número até 2022.

O Fundo Mundial para a Natureza (WWF) e o Global Tiger Forum contabilizaram cerca de 3.890 tigres em 2016 em todo o mundo, em comparação com 3.200 em 2010, quando atingiu um recorde de baixa. Foi o primeiro aumento desde 1990, quando 100.000 tigres foram contados.

Algumas partes do tigre, como dentes ou carne, são traficadas na Ásia, onde são usados como talismãs ou remédios pela medicina tradicional chinesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos