Astronautas russo e americano decolam em Soyuz rumo à ISS

Em Baikonur, Cazaquistão

  • Shamil Zhumatov/Reuters

    Fotógrafos fazem imagens do lançamento de nave Soyuz na base de Baikonur

    Fotógrafos fazem imagens do lançamento de nave Soyuz na base de Baikonur

Uma nave Soyuz com um astronauta russo e outro americano decolou nesta quinta-feira (20) da base de Baikonur, no Cazaquistão, com destino à Estação Espacial Internacional (ISS).

A MS-04 decolou às 7h13 GMT (4h13 de Brasília) com o comandante russo Fyodor Yurchikhin, que está em sua quinta missão espacial, e o engenheiro americano Jack Fischer, que viaja ao espaço pela primeira vez.

O voo orbital deve durar quase seis horas e o acoplamento da nave à ISS está previsto para as 13h GMT (10h de Brasília).

A tripulação da ISS inclui, desde novembro, o francês Thomas Pesquet e os americanos Peggy Whitson e Shane Kimbrough.

Pela primeira vez desde 2003, a nave Soyuz transporta apenas dois astronautas, ao invés de três, depois que a agência espacial Roskosmos decidiu em novembro do ano passado reduzir a tripulação russa da ISS por questões orçamentárias até a instalação de um módulo para um novo laboratório científico.

Fyodor Yurchikhin, 58, já passou 537 dias no espaço em suas quatro missões anteriores.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos