PUBLICIDADE
Topo

Antepassados das baleias eram predadores com dentes muito afiados

30/08/2017 21h23

Sydney, 31 Ago 2017 (AFP) - As baleias que existiram há milhares de anos tinham uma dentição de predador muito afiada, como os leões, segundo um estudo de cientistas australianos publicado nesta quarta-feira.

Existem dois grandes grupos de baleias, as que têm dentição, como as orcas, e as que têm lâminas córneas, chamadas barbatanas de baleia, placas de queratina que lhes permitem filtrar a água que entra pela boca e pegar plâncton e peixes pequenos.

Um grupo de paleontólogos dos Museus Victoria e da Universidade Monash criaram modelos em três dimensões a partir de fósseis de baleia e os compararam com as atuais, indica a revista Biology Letters.

Foi assim que descobriram que estes ancestrais das baleias atuais do tipo franca-austral e azul tinham uma dentição muito mais afiada.

"Estes resultados demonstram, pela primeira vez, que as baleias do passado tinham uma dentição muito afiada com uma única função, cortar a carne das suas presas", explica Erich Fitzgerald, responsável de paleontologia dos vertebrados nos Museus Victoria.

"Ao contrário do que muita gente pensa, as baleias nunca usaram sua dentição como se fosse uma peneira, mas evoluíram mais tarde até seu sistema atual de alimentação por filtragem", assegura.

Até agora existia a teoria de que as baleias dessa época filtravam a comida usando seus dentes, que fechavam criando uma espécie de peneira, assim como fazem as atuais focas da Antártica.

Mas o estudo publicado nesta quarta-feira indica que as baleias "mudaram totalmente sua biologia para se alimentar", segundo o pesquisador David Hocking.

Os pesquisadores reconhecem que ainda há muito a ser descoberto sobre a origem das barbatanas de baleia, o maior animal do planeta, que se alimenta das menores criaturas dos oceanos.