PUBLICIDADE
Topo

Tripulantes de filial da LATAM Chile rejeitam proposta e mantêm greve

20/04/2018 21h10

Santiago, 21 Abr 2018 (AFP) - O sindicato de tripulantes de cabine da LAN Express, filial no Chile da companhia LATAM, decidiu nesta sexta-feira rejeitar a nova proposta realizada pela companhia e continuar com a greve que realiza há 11 dias.

Com 91,4% de rejeição à proposta da companhia, versus 8,3% de apoio, os tripulantes da LAN Express decidiram continuar à medida em que a pressão que já provocou o cancelamento e o reagendamento de mais de mil voos nacionais e alguns deles para destinos na América do Sul.

"Estamos mais unidos que nunca, com a convicção de que há que se levar isso adiante. Chamamos a empresa para conversar", disse em entrevista coletiva Silka Seitz, presidente do sindicato que rejeita pela segunda vez uma proposta da companhia para resolver a greve.

O sindicato dos tripulantes iniciou a greve para reivindicar melhorias trabalhistas.