Professores protestam nos EUA melhores salários

Los Angeles, 26 Abr 2018 (AFP) -









Milhares de professores dos Estados de Arizona e Colorado protestaram nesta quinta-feira por melhores salários e mais verbas para a educação.

As manifestações se seguem a protestos semelhantes nos Estados de Oklahoma, Virginia Ocidental e Kentucky.

Nesta quinta-feira, ao menos 1,4 milhão de estudantes ficaram sem aula no Arizona e no Colorado.

Os sindicatos publicaram imagens de professores e simpatizantes da causa vestidos de vermelho, a cor do movimento "Red for Ed" pela educação.

O governador republicano do Arizona, Doug Ducey, exortou o Congresso estadual a autorizar um "merecido" aumento de 20% para os professores.

Como em Oklahoma (centro), o Arizona é um dos Estados com maiores cortes no orçamento da Educação: 1 bilhão de dólares em menos de 10 anos, segundo o sindicato Arizona Educators United.

O Arizona é ainda um dos Estados onde os professores recebem os menores salários: 47.660 dólares ao ano, 12.000 dólares abaixo da média nacional, segundo a Associação Nacional de Educação.

No Colorado, os professores recebem em média 53.768 dólares, 6.500 abaixo da média nacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos