PUBLICIDADE
Topo

Conselho central da OLP apoia suspensão do reconhecimento do Estado de Israel

29/10/2018 22h05

Ramallah, Territórios palestinos, 30 Out 2018 (AFP) - Os membros do conselho central palestino, um órgão-chave da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), se pronunciaram nesta segunda-feira a favor da suspensão do reconhecimento do Estado de Israel e do fim da cooperação de segurança na Cisjordânia com o Estado hebreu.

Os membros do conselho central emitiram seu desejo de que esta suspensão se prolongue até que Israel reconheça o Estado palestino, após dois dias de reunião em Ramallah, na Cisjordânia ocupada.

O conselho central Palestino autoriza a OLP, entidade reconhecida internacionalmente como a que representa os palestinos dos Territórios e da diáspora, e à Autoridade Palestina a "pôr fim a suas obrigações [...] que afetem os acordos com as autoridades de ocupação", segundo um comunicado.

Trata-se de suspender o histórico reconhecimento de Israel que data de 1988, até que este reconheça o Estado palestino, com Jerusalém como capital.

Com esta suspensão seriam reconsiderados os princípios fundadores dos deteriorados esforços de paz entre israelenses e palestinos, e os acordos de Oslo.

O conselho central já lançou chamados parecidos em janeiro e em 2015, mas não tinham sido implementados pela direção da OLP e pelo presidente Mahmud Abbas.

he-jod/nla/thm/cr/bc/cc