PUBLICIDADE
Topo

Seis detidos no Vietnã por matar e comer macaco de espécie em extinção

28/12/2018 06h00

Hanói, 28 dez 2018 (AFP) - Seis vietnamitas foram detidos no Vietnã depois que mataram e comeram um macaco, de uma espécie em extinção, enquanto exibiam tudo ao vivo no Facebook.

"Os homens retiraram o cérebro do langur, comeram o animal e beberam seu sangue", afirmou a polícia da província de Ha Tinh, no centro do Vietnã.

Os seis homens, com idades entre 35 e 59 anos, foram detidos na quinta-feira e podem ser processados por violação da lei sobre espécies protegidas.

Eles compararam o macaco langur diretamente de um caçador por pouco mais de 40 euros.

Os langures estão entre as espécies mais ameaçadas do planeta e são encontrados apenas no norte do Vietnã.

Apesar de uma legislação para sua proteção, o Vietnã permanece na liderança do ranking de tráfico de animais, ameaçados ou não, para seu mercado interno ou para abastecer a China.

Os órgãos dos animais aparecem como ingredientes de muitas receitas tradicionais e são considerados quase mágicos por várias pessoas.

tmh-dth/bc/fp

Facebook