PUBLICIDADE
Topo

Itália proíbe circulação nas áreas consideradas foco do novo coronavírus

22.fev.2020 - Homem e mulher usando máscaras andam na rua em Codogno, no norte da Itália - Flavio Lo Scalzo/Reuters
22.fev.2020 - Homem e mulher usando máscaras andam na rua em Codogno, no norte da Itália Imagem: Flavio Lo Scalzo/Reuters

22/02/2020 20h30

Roma, 22 Fev 2020 (AFP) - O governo italiano aprovou um decreto-lei especial neste sábado para proibir a entrada e saída em áreas consideradas o foco da epidemia do novo coronavírus, que foi diagnosticado em 79 pessoas e matou outras duas nas últimas 24 horas.

"Em áreas consideradas com focos, nem a entrada nem a saída serão autorizadas, com exceções particulares", disse o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte.

Além disso, Conte anunciou o fechamento de empresas e escolas e o cancelamento de eventos públicos.

A área principal fica em torno de Codogno, a 60 km de Milão.

Entre o total de infectados no país estão dois turistas chineses que contraíram o vírus há várias semanas fora da Itália e um jovem que deixou o hospital em Roma no sábado.

A maioria dos outros casos foi detectada na Lombardia (54 casos), na região de Codogno, e em Veneza (17 casos).

Notícias