PUBLICIDADE
Topo

Maduro: conferência de doadores organizada pela UE é 'espetáculo fraudulento'

27/05/2020 12h16

Caracas, 27 Mai 2020 (AFP) - O governo de Nicolás Maduro chamou de "espetáculo fraudulento" a conferência de doadores organizada na terça-feira (26) pela União Europeia (UE) para arrecadar fundos destinados a ajudar os milhões de migrantes que abandonaram a Venezuela devido à crise.

"A Venezuela lamenta o espetáculo fraudulento organizado por um grupo de governos, autoproclamados doadores da União Europeia, que pretende enganar a comunidade para legitimar suas ações intervencionistas contínuas por meio de falsas e precárias promessas de fundos, supostamente voltados para atender a migração venezuelana", afirmou um comunicado divulgado nesta quarta-feira (27) pelo Ministério das Relações Exteriores da Venezuela.

A comunidade internacional, apoiada pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) e pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), prometeu ontem US$ 653 milhões em doações.

A ministra espanhola das Relações Exteriores, Arancha González Laya, especificou que a contribuição total, incluindo empréstimos e outros mecanismos, é de US$ 2,79 bilhões.

Os recursos serão destinados a ajudar os países da América Latina pela "generosa" recepção aos migrantes venezuelanos.

mbj/lda/aa/tt

Notícias