PUBLICIDADE
Topo

Oito pessoas, incluindo seis turistas franceses, assassinados no Níger

09/08/2020 17h10

Niamei, 9 Ago 2020 (AFP) - Seis franceses e dois nigerianos foram mortos neste domingo (9) por homens armados que chegaram de motocicleta na área de Kouré, no Níger, que abriga os últimos rebanhos de girafas da África Ocidental.

"Há oito mortos: dois nigerianos, incluindo um guia (turístico) e um motorista, os outros seis são franceses", disse o governador de Tillabéri, Tidjani Ibrahim Katiella, à AFP.

"A maioria das vítimas foi morta a tiros e uma mulher conseguiu fugir, foi recapturada e teve a garganta cortada", acrescentou a fonte.

"Não se sabe a identidade dos agressores, que chegaram de motocicleta entre a vegetação e aguardaram a chegada dos turistas", acrescentou.

"O veículo utilizado pelos turistas era da organização não governamental Acted", disse.

O governo francês confirmou a morte dos seis cidadãos franceses, mas não revelou suas identidades. Acrescentou que o presidente, Emmanuel Macron, havia conversado com o mandatário nigerino, Mahammadu Issufu.

A AFP obteve fotos do ataque, que mostram corpos das vítimas e o veículo com marcas de tiros e parcialmente incendiado.

É o primeiro ataque deste tipo contra turistas ocidentais nessa zona, que se tornou uma atração turística há mais de 20 anos.

Essa região está situada nas "três fronteiras", entre Níger, Burkina Faso e o Mali, transformada em um refúgio para os extremistas sahelianos, como o Estado Islâmico no Grande Saara (EIGS).

Em 8 de janeiro de 2011, dois jovens franceses, sequestrados no dia anterior no centro de Niamey, foram assassinados no território do Mali durante uma intervenção militar franco-nigeriana que buscava resgatá-los.

bh-ck/lb/mis/mb/mb/mr/bn