PUBLICIDADE
Topo

Trump aprova início do processo de transição de poder para Biden

23/11/2020 21h32

Washington, 24 Nov 2020 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta segunda-feira (23) que não irá mais se opor ao início do processo de transição de poder para a administração de Joe Biden, dando um importante passo rumo à admissão de derrota nas eleições presidenciais.

Trump tuitou que a Administração de Serviços Gerais deve "fazer o que precisa ser feito", após a diretora da agência, Emily Murphy, anunciar que daria início ao processo de transição.

O presidente republicano passou as últimas três semanas, desde a eleição de 3 de novembro, alegando, sem qualquer prova, que a vitória de Biden foi resultado de fraude.

Murphy, que nega ter agido sob pressão política, até agora se recusou a liberar os fundos que sua agência administra para a nova equipe.

Biden comemorou a liberação da ajuda governamental, um passo que descreveu como crucial para "uma transição de poder pacífica".

A chefe da Administração de Serviços Gerais "confirmou o presidente eleito Joe Biden e a vice-presidente eleita Kamala Harris como os vencedores das eleições, proporcionando à nova administração os recursos e o apoio necessário para realizar uma transição de poder tranquila e pacífica", disse a equipe do presidente eleito em comunicado.

elc/iba/dga/am/mvv