PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
4 meses

Presidente 'millenial' terá controle do Congresso em El Salvador

20/03/2021 00h14

San Salvador, 20 Mar 2021 (AFP) - O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, terá a partir de maio o controle do Congresso, onde 61 das 84 cadeiras foram conquistadas por seus aliados, após a apuração final das eleições parlamentares, que representaram um duro revés para os partidos tradicionais.

O Novas Ideias (NI), partido conservador apoiado por Bukele, elegeu 56 parlamentares, enquanto o Gana, que levou Bukele à presidência em 2019, conquistou cinco cadeiras, apontam os resultados finais, divulgados hoje pelo Tribunal Supremo Eleitoral (TSE).

Na votação, realizada em 28 de fevereiro, foram dizimados o Arena (oposição de direita), com 14 cadeiras, e a ex-guerrilha de esquerda Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional, que terá quatro. Ambos os partidos haviam se alternado no poder desde o fim da guerra civil (1980-1992), e esta é a primeira vez em quase três décadas que um presidente conta com ampla maioria no Parlamento.

As cinco cadeiras restantes irão para outros pequenos partidos. Os novos deputados assumirão seus cargos em 1º de maio, para um mandato de três anos.

Os resultados preliminares já apontavam uma grande vitória de Bukele, um "millennial" de 39 anos ativo nas redes sociais, crítico dos partidos tradicionais e catalogado como autoritário por seus adversários. Segundo analistas, ele soube capitalizar o descontentamento popular com os partidos políticos, além de ter liderado um programa de assistência em meio à pandemia e levantado a bandeira da luta contra os grupos criminosos, um importante flagelo do país.

A votação de fevereiro também elegeu prefeitos, um processo do qual Bukele também saiu vitorioso. Seus aliados conquistaram 179 das 262 prefeituras do país, incluindo a da capital, San Salvador.

ob/mav/lda/lb