PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Mais de 300 rebeldes e cinco militares mortos no sábado no norte do Chade

19/04/2021 07h13

N'Djamena, 19 Abr 2021 (AFP) - O exército do Chade anunciou nesta segunda-feira que matou mais de 300 rebeldes, que estavam envolvidos em uma incursão de oito dias no norte do país, durante uma operação no sábado em que cinco militares perderam a vida.

"No lado inimigo, mais de 300 rebeldes foram neutralizados no sábado", declarou o general Azem Bermandoa Agouna, porta-voz do exército, que lamentou "cinco mártires no lado amigo".

Um grupo rebelde, a Frente pela Alternância e a Concórdia no Chade (FACT), iniciou a ofensiva a partir de suas bases de retaguarda, na Líbia, em 11 de abril, em coincidência com as eleições presidenciais em que o o chefe de Estado, Idriss Deby Itno, no poder há 30 anos, era o favorito.

No sábado, o governo anunciou o "fim" da ofensiva rebelde, nas províncias de Tibesti e de Kanem.

O general Bermandoa também afirmou que 36 soldados ficaram feridos nos combates de sábado e que 150 rebeldes foram capturados, "incluindo três comandantes". Os militares apreenderam 24 veículo e continuam "rastreando" o território.

O grupo rebelde FACT afirmou em um comunicado divulgado no domingo que "libertou a região de Kanem", cenário dos combates de sábado.

dwi-yas-gir/dyg/sba/mis-jvb/zm