PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Mudança climática será tema central do G20 em Roma

Mario Draghi, chefe do Governo italiano, fez o anúncio sobre o tema do encontro - Francois Lenoir/Reuters
Mario Draghi, chefe do Governo italiano, fez o anúncio sobre o tema do encontro Imagem: Francois Lenoir/Reuters

20/10/2021 14h43

Roma, 20 Out 2021 (AFP) - A cúpula dos líderes do G20, marcada para o final de outubro em Roma, discutirá a mudança climática pouco antes da COP26 de Glasgow, que pretende tomar medidas históricas sobre o clima, anunciou nesta quarta-feira (20) o chefe do Governo italiano, Mario Draghi.

Por ocasião do G20 em Roma, as principais potências econômicas mundiais se reunirão nos dias 30 e 31 de outubro para "tratar de algumas das negociações que serão discutidas na COP26 em Glasgow", disse Draghi, responsável pela presidência rotativa do G20.

"Sem a participação das maiores economias do mundo, não será possível respeitar os acordos de Paris, nem limitar o aquecimento global a 1,5ºC", alertou.

Esse limite corresponde à meta mais ambiciosa estabelecida pelo acordo de Paris em 2015 para limitar o aquecimento global em comparação com a era pré-industrial, que a presidência britânica da COP26, marcada para novembro em Glasgow, espera manter "viva".

De acordo com muitos cientistas, esse objetivo já é inatingível.

"Os países do G20 produzem três quartos das emissões globais. A crise climática só pode ser administrada se os principais atores globais decidirem agir de forma incisiva, coordenada e simultânea", frisou Draghi.

O presidente dos EUA, Joe Biden, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, devem comparecer à reunião em Roma, embora os presidentes chinês, Xi Jinping, e russo, Vladimir Putin, tenham anunciado que não comparecerão.

Além do aquecimento global, líderes e representantes das 20 maiores economias falarão sobre a pandemia e a reativação econômica pós-covid.

Internacional