PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

OCDE vai pôr fim a créditos de exportação às centrais de carvão

22/10/2021 09h39

Paris, 22 Out 2021 (AFP) - A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) anunciou, nesta sexta-feira (22), poucos dias antes da COP26 em Glasgow, um acordo entre vários países que permite proibir a concessão de créditos à exportação para centrais termelétricas convencionais a carvão.

"Os participantes do acordo da OCDE sobre os créditos à exportação que se beneficiam de apoio público concordaram em pôr fim ao apoio a centrais elétricas convencionais a carvão", declarou a organização internacional em um comunicado.

Com isso, estes Estados se comprometem a não conceder mais créditos à exportação para novas usinas termelétricas a carvão que não estejam equipadas com sistemas de captura, utilização e armazenamento de carbono. O mesmo vale para centrais existentes sob algumas exceções.

A entrada desta proibição em vigor deve acontecer depois da adoção desta disposição por cada um dos países signatários, "o que está previsto para antes do final de outubro", acrescentou a OCDE.

alb/mla/spi/rsc/zm/tt