PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Autoridades iranianas usam gás lacrimogêneo para dispersar protesto por desabamento de prédio

28/05/2022 08h46

Teerã, 28 Mai 2022 (AFP) - A polícia iraniana usou gás lacrimogêneo e tiros de advertência para dispersar uma manifestação no sudoeste do país que protestava contra o desabamento de um prédio que deixou 28 mortos, informou a mídia local neste sábado (28).

Na segunda-feira, o edifício Metropol de 10 andares, que estava em construção na cidade de Abadan, desabou parcialmente em uma rua movimentada.

Desde quarta-feira há manifestações nesta cidade e em outras cidades vizinhas para exigir que os culpados sejam responsabilizados por esta catástrofe.

A agência de notícias Fars disse que as forças de segurança usaram "gás lacrimogêneo e dispararam tiros de advertência na noite de sexta-feira para dispersar centenas de manifestantes que se reuniram perto do local do acidente".

"Morte a funcionários incompetentes", gritavam os manifestantes, segundo a Fars.

De acordo com um novo balanço divulgado no sábado, 28 pessoas morreram no colapso e 37 pessoas ficaram feridas. A Justiça anunciou a prisão de 13 pessoas, entre elas o prefeito de Abadan e dois ex-prefeitos, acusados de ter "responsabilidade" neste drama.

pdm/rm/vl/bl/zm/aa