PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Ao menos 6 mortos no deslizamento de parte de geleira nos Alpes italianos

03/07/2022 15h28

Roma, 3 Jul 2022 (AFP) - Pelo menos seis pessoas morreram e oito ficaram feridas, neste domingo (3), em avalanche causada pelo desprendimento de uma parte da geleira Marmolada, a maior da cordilheira das Dolomitas, nos Alpes italianos,

A porta-voz dos serviços de emergência, Michela Canova, informou inicialmente que havia cinco pessoas mortas, mas depois elevou o número para "seis vítimas confirmadas".

Indicou também que havia oito pessoas feridas, mas que o balanço "ainda era provisório".

Dois dos feridos foram transferidos para o hospital Belluno, um para Treviso e cinco para Trento, disse a porta-voz, sem fornecer mais detalhes sobre a nacionalidade das vítimas.

Vários helicópteros participam das operações de resgate e vigilância. A avalanche ocorreu um dia depois que temperaturas recordes de 10°C foram atingidas no topo da geleira.

Segundo Renato Colucci, especialista em geleiras citado pela agência italiana AGI, o fenômeno "se repetirá" já que "há semanas, as temperaturas nas alturas dos Alpes estão muito acima dos indicadores usuais".

"Uma avalanche de neve, gelo e rocha atingiu a estrada de acesso no momento em que vários grupos de alpinistas estavam lá, alguns dos quais foram arrastados", explicou a porta-voz dos serviços de emergência. "O número de alpinistas afetados ainda é desconhecido", acrescentou.

De acordo com o departamento de proteção civil da região de Veneto, no nordeste da Itália, "todas as equipes de proteção alpina da área foram mobilizadas".

O local onde uma parte da geleira se rompeu fica perto de Punta Roca, no caminho que costuma ser usado para chegar ao topo.

- "Calor extremo" -Imagens registradas de um abrigo mostram como neve e rocha começam a cair da montanha. Outras imagens mostram a avalanche arrastando tudo em seu caminho.

Nas imagens transmitidas pelo serviço de resgate, os socorristas podem ser vistos trabalhando próximo ao local do deslizamento. Helicópteros ajudaram a transportar as vítimas pelo vale até a cidade de Canazei.

O trabalho dos socorristas foi especialmente difícil, pois tiveram que extrair os corpos do meio de gelo e rocha. Uma célula de psicólogos também foi acionada para ajudar os familiares das vítimas.

Segundo o cientista Renato Colucci, "o calor extremo dos últimos dias (...) provavelmente produziu uma grande quantidade de água líquida proveniente do derretimento da geleira e se acumulou na base do bloco", que posteriormente desmoronou por falta de suporte.

A geleira Marmolada é a maior geleira das Dolomitas, nos Alpes orientais. Localizada na província autônoma de Trento, nasce o rio Avisio e tem vista para o Lago Fedaia.

Segundo relatório do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), divulgado em 1º de março, o derretimento do gelo e da neve é uma das dez principais ameaças causadas pelo aquecimento global, que vai perturbar ecossistemas e ameaçar infraestruturas.

glr/sg/jvb-sag/eg/ap