PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Faleceu o cardeal Cláudio Hummes, amigo do papa Francisco

04/07/2022 12h18

São Paulo, 4 Jul 2022 (AFP) - O cardeal Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo e um "grande amigo" do papa, que lhe inspirou a escolha do nome Francisco, faleceu nesta segunda-feira (4) aos 87 anos, anunciou a Arquidiocese de São Paulo.

"Comunico, com grande pesar, o falecimento do Eminentíssimo Cardeal Cláudio Hummes, (...) no dia de hoje, após prolongada enfermidade, que suportou com paciência e fé em Deus", anunciou em comunicado o arcebispo Odilo Scherer.

O velório acontecerá na Catedral Metropolitana de São Paulo, em horário a ser divulgado.

Em março de 2013, logo após sua eleição, o papa explicou durante um encontro com jornalistas como o cardeal Hummes o inspirou a escolher o nome Francisco.

O brasileiro era então apontado como um dos favoritos para suceder Bento XVI.

"Durante a eleição, eu estava ao lado do arcebispo de São Paulo Cláudio Hummes, um grande amigo (...) Quando as coisas ficaram perigosas, ele me confortou. Quando os votos alcançaram dois terços, ele me abraçou, me beijou e disse: 'E não te esqueças dos pobres!'", revelou o papa.

"Imediatamente, em relação aos pobres, pensei em Francisco de Assis, nas guerras (...) o homem da pobreza, o homem da paz".

Nascido em Salvador do Sul, uma pequena cidade no sul do Brasil, o cardeal Hummes foi ordenado padre em 1958, depois bispo em 1975.

Cardeal desde 2001, foi prefeito da Congregação para o Clero no Vaticano, com Bento XVI.

Em setembro de 2019, o Cardeal Hummes desempenhou um papel de liderança durante o Sínodo sobre a Amazônia, do qual foi relator.

Este sínodo ocorreu em um momento particularmente tenso no Brasil, com muitas críticas da comunidade internacional ao governo do presidente Jair Bolsonaro, diante do ressurgimento dos incêndios florestais na Amazônia.

lg/pt/mr