Previsão de chuva e mais neve dificulta volta à normalidade em Washington

Neve em Washington

Os pedestres continuam com dificuldades de circulação nas ruas de WashingtonEPA/Shawn Thew/Agência Lusa

Enquanto o estado de Nova York volta aos poucos à vida normal nesta segunda-feira (25), os moradores de Washington ainda encontram grandes dificuldades em se dirigir ao trabalho e ao comércio.

A maior parte das escolas ainda está fechada em Washington. Em razão da previsão de chuvas para amanhã (26) e de mais neve para os próximos dias, a situação pode prosseguir por mais alguns dias. A ocorrência de chuvas costuma prejudicar os trabalhos de remoção de gelo e neve das ruas.

O presidente Barack Obama, que havia suspendido a agenda desde sexta-feira (22), esteve hoje à tarde em Bethesda, Maryland, um dos estados atingidos pela nevasca que atingiu a Costa Leste dos Estados Unidos, para uma visita ao Centro Médico Nacional Militar Walter Reed.

No entanto, o governo norte-americano manteve suspensas todas as atividades públicas e assim deve permanecer até esta terça-feira. As reuniões do Pentágono foram canceladas.

O Seminário de Inovação D3, uma iniciativa que reúne o Pentágono, Departamento de Estado e Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional, que ocorreria esta semana, foi adiado. O Congresso Nacional também permanecerá fechado por toda a semana.

Iniciada sexta-feira (22), e encerrada na manhã de ontem (24), a tempestade de nove continua dificultando a vida dos moradores de 11 estados da Costa Leste. As crianças ainda estão sem aula, principalmente em Washington, Baltimore e em cidades da Carolina do Norte.

O Aeroporto Nacional Ronald Reagan, em Washington cancelou hoje mais de 1,5 mil voos e novos adiamentos estão previstos para os próximos dias. Autoridades americanas ainda contabilizam as consequências da nevasca, que até o momento registra 29 mortes e incontável número de casas sem energia.

Barack Obama

Barack Obama esteve à tarde em Bethesda, Maryland, um dos estados atingidos pela nevascEPA/Michael Reynolds/Agência Lusa

O número de mortos poderá subir nos próximos dias, em razão do derretimento do gelo nas calçadas e ruas. As autoridades continuam alertando os pedestres que que caminhem longe das pistas, devido ao perigo de derrapagem de veículos.

Pessoas idosas são aconselhadas a ficar em casa nos próximos dias para reduzir os riscos de quedas e acidentes.

Em Nova York, os trabalhos de limpeza das ruas estão adiantados. Segundo o governador Andrew Cuomo, a maioria dos serviços de transporte já voltou à normalidade na cidade hoje pela manhã. Apenas algumas ferrovias e rodovias estão fechadas para remoção de neve e gelo.

Em Baltimore, a prefeita Sthepanie Rawlings-Blake informou que a cidade não tem um cronograma para limpar as ruas. "Aviso a todos que precisamos de muito tempo para limpar a neve", afirmou o governador da Virgínia, Terry McAulife.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos